17/08/2012

Um dia no Mercado Público de Porto AlegreRS

Lela Zaniol

Hoje vou falar sobre um lugar que é um monte de lugares juntos, o Mercado  Público Central de Porto Alegre ou simplesmente o querido Mercado Público. Esse prédio histórico foi criado, como em qualquer outra cidade, para abrigar o comércio de abastecimento da cidade. Aliás, esses mercadões podem ser chamados de “os primeiros shoppings do país”.

Claro que já fizemos outros tantos posts sobre lugares específicos no mercado, mas hoje quis fazer uma coisa diferente. Em um sábado, na companhia da minha amiga Carol fui explorar aquilo que, pra nós, tem de mais típico nesse programa.

Poucos lugares em Porto Alegre (em qualquer cidade, aliás) são tão democráticos quanto o Mercado Público. Ali não tem frescura e todo mundo está na boa. Uns comprando alguma coisa pra casa ou comendo em alguma banca. Outros estão buscando aquele ingrediente que só tem ali para aquela receita especial, enfim, no mercado é possível encontrar desde peixe fresco até vela pra macumba.

A ideia da comilança era bem simples: coma aquilo que estiver com vontade e onde bem entender! Outra regra simples é não se prender em um ou outro estabelecimento, o esquema é a comida pela comida. Mantendo esse espírito simples o primeiro candidato foi o clássico bolinho de bacalhau. Sequinho, com bacalhau (e não só batata) e lindo!

Seguindo em ritmo acelerado veio o delicioso pastel de carne com ovo e azeitona, como tem que ser.

Aqui a prova do recheio bem “recheiudo”.

Passado o momento das preliminares era chegada a hora de mandar ver num sempre bom à la minuta. Esse prato não tem erro, arroz, ovo , bife e batata frita e fim. Definitivamente eu preciso de muito pouco pra ser feliz.

https://destemperados.s3.amazonaws.com/arquivos/ckeditor/C5JPfjFRpdrXHgqj8sk/mercadopublico5.jpghttps://destemperados.s3.amazonaws.com/arquivos/ckeditor/C5JPfjFRpdrXHgqj8sk/mercadopublico5.jpg Umas comprinhas aqui e outras ali aproveitando o clima do mercado e um rápido pit stop na banca de sorvetes. Eu sempre vou nos sabores clássicos, mas isso vai do gosto do freguês.

Antes de ir embora, uma passadela na peixaria para comprar umas coisinhas pro jantar e depois um café. Assim, em pé mesmo, com a pança cheia e encostada no balcão. Sério, isso é amor!

Um dia como esse pode custar quantas dilmas seu bolso aguentar. Nesse dia devo ter gastando uns 40 reais em comidas consumidas ali mesmo e um outro tanto em cacarecos pra casa e ingredientes pro jantar. Só esqueci da vela pra macumba.

Mercado Público Central de Porto Alegre
Centro Histórico
Porto Alegre/RS
Fone: (51) 3289 4801 / (51) 3289 4802

Free Pass Lela Zaniol