02/05/2017 Festival de qualidade no Sushi by Cleber em Porto AlegreRS Rafaela Frare

Sabe quando bate aquela vontade de comer sushi? Pois é, tem vezes que a fome pede por ele, e volta e meia tento desbravar algum diferente. Meus pais, que também amam sushi, sempre escolhem ir no Sushi by Cleber. Quase todos os domingos o local é pedida certa! E entre um domingo e outro, eu vou junto para saborear com eles as delícias servidas por lá. A casa está aberta desde 2001 em Porto Alegre e, desde então, vem mantendo e melhorando cada vez mais a qualidade e atendimento. 

É necessário subir uma escadinha para chegar no lugar, e a entrada já mostra que o ambiente é bem ousado, com a porta sendo zelada por duas estátuas guardiãs. 

Entrando, nos deparamos com um ambiente iluminado na medida certa, com vários artigos bem diferentes pendurados nas paredes. O clima é de descontração e até praiano. Muitos dos clientes podem ser recepcionados de cara pelo famoso Cleber. Se ele estiver por perto, vai fazer questão de te receber, ou de pelo menos ir na mesa para ver se está tudo certo. 

É possível ver os sushimans trabalhando atrás do balcão, que ocupa um espaço visível para quase todo o restaurante. O Cleber geralmente fica por ali também. Para quem preferir, é possível sentar nos tatâmes localizados mais ao fundo do espaço.

Quando vamos lá, não é para brincadeira e pedimos sempre o festival da casa, que dá para comer à vontade e solicitar repeteco de tudo o que desejar. Nele estão inclusos sushis especiais, temaki, pratos quentes e também a sobremesa. Há a possibilidade de pedir à la carte. O começo é sempre com o Sunomono, mas acredito que as outras entradinhas são mais emocionantes, e é justamente isso que gosto lá! Eles trazem bastante coisas diferentes antes do combinado principal. Dá para ir degustando e repetindo muita coisa boa! Eis que trouxeram na mesa o Robaoshi, um rolinho de salmão e atum, finalizados com molho tarê, cebolinha e gergelim. Segundo eles, nem precisa molhar no shoyu, pois  já está temperado na medida certa. E realmente, não precisa complementar com nada, pois o gostinho é muito bom. 

Outra entradinha quentinha que também é de arrasar, é o Gyoza, um pastelzinho tipicamente oriental. Este, é recheado com carne bovina e nirá, o alho japonês. 

Algo que acho bem diferencial do Cleber, são os ceviches servidos no menu degustação. Eles são muito bem feitos e cítricos na medida. O primeiro servido, foi o ceviche de maracujá. Admito que eu não sou muito fã de ceviche e nem de maracujá, mas lá estou eu aprendendendo a gostar de verdade e essa combinação ficou mesmo uma delícia. 

O segundo ceviche chegou logo depois, que é o ceviche cítrico. Este demorei um pouquinho mais para me acostumar e agora já como tudinho e estou adorando! Para quem gosta, vai amar esse, assim como meus pais, que estavam se deliciando e ainda pediram bis! 

Algo que eu não abro mão quando estou em um festival de sushi é o Shimeji, vulgo cogumelo na chapa. Sempre tem que ter e dura segundos na minha frente. Este também estava bem saboroso. 

Outra coisa que não abro mão durante um bom festival são os fritinhos! O famoso hot filadélfia! Se não tem hot bom na entrada, para mim acabou o festival! Ainda bem que esses eram bem crocantezinhos.

No meio de tudo isso, pedimos nossos temakis. Eles possuem uma listinha com variados sabores para que o próprio cliente escolha o que preferir. Nós optamos pelo camarão tempura

Ainda na onda do camarão, eles nos trouxeram esses sushis especiais, também de camarão tempura com cream cheese. É um dos meus preferidos, com certeza, e ainda vem bem quentinho na mesa. 

Finalmente, o nosso combinado especial! O garçom perguntou antes se preferíamos ele com mais atum ou salmão e pedimos para ser variado entre os dois. Ele chegou e foi de encantar os olhos. Muito caprichado e todos os sushis muito bem feitos. Os meus preferidos são os com salmão selado, o com abacate e um outro que pedimos repeteco e já explicarei melhor!

Este foi o sushi do repeteco e um dos meus preferidos de lá! É arroz envolto com pepino, que por cima vai sashimi e mais algumas coisinhas que não sei, mas por dentro do arroz tem uma graciosa amêndoa que dá uma crocância na hora de comer. É espetacular!

Pedimos na mesa um pouquinho mais de sashimi de atum e polvo. Mais uma vez, dá para notar o capricho!

Já estou ficando com um pouquinho de vergonha de tudo o que comemos naquela noite, mas tenho que compartilhar também o nosso encerramento dos salgados com a yakissoba com camarão. Há também a opção vegana, com frango ou de filé mignon. Sugiro que o pedido seja com a massa frita, que é diferente.

Indo para a reta final, ufa! A sobremesa, também inclusa no festival, é o sorvete de creme com banana caramelizada e calda de morango natural ou de chocolate. A calda pedida por nós foi a de morango. Eles capricharam nas bananinhas caramelizadas! 

A gente finalizou com aquele chá verde, para ver se conseguíamos levantar da mesa e ir embora, porque ficou complicado! Deixndo as brincadeiras de lado, eu acho esse chá muito digestivo e adoro tomar ele depois de comer sushi. Essas canecas são aquelas sem alça, para tu tomares apenas quando conseguir tocar com os dedos nas bordas, que é o sinal de que não vai mas queimar a boca. 

Agora tem que dar um tempinho até o próximo final de semana que voltarei lá, mas sempre entendo o porquê dos meus pais não trocam ele por nada. A qualidade do sushi é realmente sem igual. O menu degustação fica R$ 134 o masculino e R$ 119 o feminino. Abre todos os dias das 19h30 até às 23h. 

Sushi by Cleber
Rua Desembargador Esperidião de Lima Medeiros, 317 - Três Figueiras
Porto Alegre/RS
Fone: (51) 3328-8330
Aceita cartões de crédito (American Express, Mastercard e Visa) e débito (Maestro, Rede Shop e Visa Electron)
www.sushibycleber.com.br

RS Rafaela Frare