Destemperados Food Experiences

Matando as saudades do Buongustaio

Matando as saudades do Buongustaio

Alguns restaurantes marcam a gente. Ficam na nossa memória gustativa, no lado esquerdo do peito, como vocês preferirem. Pois é, o Buongustaio é um desses restaurantes, pelo menos pra mim. Ele deve existir há uns vinte anos, é repleto de fãs (presente!), já ocupou uns quatro endereços diferent...

Continuar lendo...

Tasca, uma casa portuguesa com certeza

Tasca, uma casa portuguesa com certeza

Que tipo de pessoa vai em um dos mais tradicionais restaurantes portugueses da sua cidade e não come bacalhau? Eu! Pois é, queridos leitores. Fui ao Tasca e, mesmo sem comer o peixe acima citado, gostei muito do lugar. Ele fica em uma ruazinha simpática na zona sul da cidade, entre duas ave...

Continuar lendo...

O Recanto (mais) Lusitano de Recife

O Recanto (mais) Lusitano de Recife

Outro dia, uma amiga portuguesa me chamou para almoçar no Recanto Lusitano – com certeza um dos restaurantes portugueses mais tradicionais daqui de Recife, mas onde há anos eu não pisava. Já comentei por aqui que não sou a maior fã de bacalhau, mas, como tô me acostumando com ele aos pouquinh...

Continuar lendo...

Mordendo a língua na Yume Temakeria

Mordendo a língua na Yume Temakeria

Ainda bem que eu não estou falando literalmente, porque meu deus, morder a língua dói demais. Bom, o título do post é porque até pouco tempo atrás, eu não comia peixe cru. Aliás, eu odiava peixe cru e falava mal do boom de temakerias que invadiu Recife. É isso mesmo. Meu nome é Nathalia e eu n...

Continuar lendo...

Chinatown não rima com tradição, mas bem que poderia

Chinatown não rima com tradição, mas bem que poderia

Eu gosto de tradições. Acho que já falei aqui várias vezes que eu adoro ir ao mesmo restaurante e sempre pedir o mesmo prato. E é isso que o Chinatown é pra mim: tradição. Com mais de 30 anos de história, o restaurante faz, na minha singela opinião, a melhor comida chinesa da cidade. Em Recife, e...

Continuar lendo...

Quem manda no brigadeiro é a Donna Brigadeiro!

Quem manda no brigadeiro é a Donna Brigadeiro!

Se existe um doce que me deixa maluca é o tal do brigadeiro! O único problema é que sou daquelas que só confia em brigadeiro feito em casa, sabe? Sempre fugi dos de padaria, delicatessen etc. porque nunca tinha encontrado algum no ponto perfeito. Todos esses conceitos, porém, mudaram no dia e...

Continuar lendo...

Um It Bistrô e um it post

Um It Bistrô e um it post

O It Bistrô fica logo na entrada da loja. Ainda bem! Porque assim que você entra é impossível não arregalar os olhos com tanto glamour e ficar #chateada porque não vai dar tempo para escolher um look (mentira). Afinal de contas, o horário de almoço é curto e a renda também.4) O teto - quem ...

Continuar lendo...

Cia do Chopp: em arte de cremar, se errar é justa causa

Cia do Chopp: em arte de cremar, se errar é justa causa

Qual é a fórmula para descrever o melhor chope da cidade? E mais, como convencer vocês, apaixonados por esta bebida, que esta é a melhor Cia do Chopp do Recife? Se eu contar que por aqui, se errar é justa causa – lema do “padrão cia”, fica mais fácil de acreditar? Então, senta aí, arruma as b...

Continuar lendo...

Jalan Jalan, o caminho ao paladar

Jalan Jalan, o caminho ao paladar

No idioma balinês a palavra jalan jalan significa "caminhar", "caminhos". Esta tradução está inserida na experiência desta noite, pelas ruelas do bairro de Boa Viagem. Entende-se, a partir da porta de entrada até chegar ao salão do restaurante, o porquê da sua cozinha multicultural – um caminho c...

Continuar lendo...

Saturday's: o meu lugar seguro

Saturday's: o meu lugar seguro

Algumas comidas são mais que comidas, são hábitos. Não dá pra passar longe de uma pizza no domingo, um sorvete em um dia de calor (ou em Recife, todos os dias), um sacão de pipoca no cinema e um hambúrguer com coca-cola sempre que dá vontade. Quando essa vontade bate e pode ser atendida, um dos m...

Continuar lendo...

Nez Bistrô: um novo vício

Nez Bistrô: um novo vício

Cada um com suas obsessões, já diria o poeta o psicanalista. Sou do tipo que veste a mesma roupa várias vezes, que faz lista de uma música só no itunes e claro, que só vai ao mesmo restaurante e pede mesmo prato. No caso do Nez Bistrô, o vício é recente e não pode ser atendido sempre que dá. Mas ...

Continuar lendo...

Brilha, Brilhozinho!

Brilha, Brilhozinho!

Vocês acreditam em realidade paralela? Eu passei a acreditar quando conheci o Brilhozinho na sexta-feira da semana santa. Enquanto eu achava que a maior avenida da zona sul do Recife só abrigava trânsito e empresariais abarrotados de gente engomadinha, aparece o Brilhozinho. É um botequinho co...

Continuar lendo...