29/01/2018

Sofia カラオケ: bons drinks, boa comida e muita cantoria em Porto AlegreRS

Paula Bañolas

Carregando a galeria...
O karaokê começa às 21h30 e o pessoal vai aos poucos se aquecendo
O karaokê começa às 21h30 e o pessoal vai aos poucos se aquecendo
Chegamos logo que abriu, e já tinha um pessoal entrando
Chegamos logo que abriu, e já tinha um pessoal entrando
O bar (onde a mágica acontece)
O bar (onde a mágica acontece)
Grande atração do lugar, o palco do karaokê
Grande atração do lugar, o palco do karaokê
O local tem luminosos nas paredes, com frases icônicas de músicas que amamos
O local tem luminosos nas paredes, com frases icônicas de músicas que amamos
Preciso dizer mais?
Preciso dizer mais?
Esse aí fica, literalmente, embaixo da escada
Esse aí fica, literalmente, embaixo da escada
No andar de cima, vista para o Parcão
No andar de cima, vista para o Parcão
A salinha privativa, para quem quer cantar sem ser incomodado
A salinha privativa, para quem quer cantar sem ser incomodado
Carmensita
Carmensita
Moscow Mule
Moscow Mule
Say Hello to the Angels
Say Hello to the Angels
Tame Impala
Tame Impala
Blood Orange
Blood Orange
Wilco
Wilco
Croquetas de Carne de Panela
Croquetas de Carne de Panela
Espetinhos de Lombo Suíno
Espetinhos de Lombo Suíno
Brusquetas
Brusquetas
Nosso Burger
Nosso Burger
Depois já vira bagunça e vai todo mundo para a frente do palco cantar junto
Depois já vira bagunça e vai todo mundo para a frente do palco cantar junto

POR QUE IR?
- O Sofia カラオケ (karaokê, em japonês) é o mais novo bar de Porto Alegre que mistura tudo o que a gente mais gosta de fazer com os amigos: comer e beber bem e soltar a voz. Inaugurado recentemente em frente ao Parcão, já lota frequentemente, cheio de pessoas empolgadas para escolher clássicos da música brasileira e hits mundiais para mostrar o seu talento musical (ou a falta dele).

- Além de nos permitir mostrar o talento que geralmente só demonstramos debaixo do chuveiro, a casa oferece um cardápio amplo de drinks e comidinhas, tanto para dividir com a galera, como pratos individuais para quem tem mais fome.

- Para quem não está a fim de ouvir os desafinados, um deque na rua com vista para o parcão é uma excelente pedida para um happy hour (ideal para ver o pessoal da geração saúde correndo enquanto  você bebe umas e outras).

CLIMA DO LUGAR
- O bar é escuro, tanto que entramos lá às 18h e nem parecia mais ser dia. A falta de iluminação forte é contrastada com os diversos luminosos que se encontram nas paredes e pendurados no teto: luzinhas piscantes que mudam de cor e frases icônicas de músicas que a gente ama cantar no karaokê.

- O clima é bastante animado. Começa mais leve, para o pessoal que vai ali somente pela comida e bebida. Geralmente são grupos de amigos. Mais tarde, quando começa o karaokê, a galera já se empolga e canta junto, levanta e fica em pé em frente ao palco, oferecendo suporte aos que tiveram a coragem de subir ali e mostrar a que vieram.

- No andar de baixo, as mesas ficam dispostas para que seja possível enxergar o palco, grande atração do lugar. Quem não estiver a fim de ver a bagunça, pode sentar numa sala menor, que fica ao fundo do restaurante, ou nas mesas dispostas no andar de cima (que tem vista para o Parcão).

- Os mais tímidos ainda podem reservar uma sala pequena e exclusiva, para cantar sem sentir a pressão do público. De fato, acho que essa seria uma ótima para opção para aqueles que querem muito cantar, mas tem uma voz com timbre que somente cachorros conseguem ouvir.

- O deque da frente é amplo e bastante convidativo para um fim de tarde com os amigos.

PROVAMOS E RECOMENDAMOS
A lista e drinks é enorme. Por sorte estávamos entre quatro pessoas e provamos vários.

- O primeiro da noite foi o Carmensita (R$26,00), feito com gim, infusão de frutas vermelhas, suco de cranberry, suco de limão, infusão de romã, amora e hortelã. Esse é mais docinho, recomendo para aqueles que não gostam de sentir muito o sabor do álcool na bebida.

- Tembém tínhamos que provar um clássico, então escolhemos o Moscow Mule (R$21,00), servido na icônica caneca de cobre e com uma espuma de gengibre que dá toda a graça ao drink.

- Nosso próximo eleito foi o Say Hello to the Angels (R$26,00), gim tônica com infusão a frio de capim cidró, pele de tangerina e zimbro. Meu favorito da noite.

- Provamos ainda o Tame Impala (R$26,00), que leva gim, suco de maracujá, soda, suco de limão, hortelã, pimenta, limão e crispy de maracujá. Bem refrescante, também entrou para a lista de favoritos da noite.

- Outro drink que pedimos foi o Blood Orange (R$26,00), feito com vodca, suco de tangerina, suco de limão, licor de laranja e tangerina.

- E o último a ser tomado foi o Wilco (R$26,00 o pequeno, R$46,00 o grande), com vodca, vermute, suco de abacaxi, splash soda, suco de limão, hortelã e abacaxi.

Para conseguir beber tanto e ainda parar em pé, tivemos a obrigação de provar vários itens do cardápio de comidas, cujos pratos são assinados pelo chef Pedro Mattos (o que já nos deu um baita indicativo de que seriam bons).

- Para começar, escolhemos as Croquetas de Carne de Panela (R$25,00), acompanhadas de catchup caseiro e aioli. Crocantes por fora, com aquela carne desfiadinha e macia por dentro, ganharam meu coração.

- Como estávamos em mais pessoas e queríamos algo para beliscar entre um drinque e outro, nossa segunda pedida foi a Tábua de Tapas (R$32,00), que consiste em três tipos de entrada: uma porção das croquetas, espetinhos de lombo suíno com legumes e dois tipos de brusqueta. Recomendo esse para quem está de galera e quer dividir alguma coisa. Estava tudo ótimo e serve bem umas três pessoas.

- Para finalizar, resolvemos experimentar um prato individual. Nossa escolha foi o Nosso Burger (R$28,00 sem fritas, R$31,00 com fritas), hambúrguer da casa feito de costela e bacon, dentro de um pão de moranga com queijo colonial, maionese da casa, picles e rúcula. O pão de moranga me tem, e costela com bacon jamais será uma má combinação.

SÓ TEM LÁ
- Uma versão com raio gourmetizador do adorado Babilônia, o local é ideal para quem gosta de karaokê e não perde a chance de comer bem e provar drinks diferentões.

- Em alguns dia da semana rolam umas promoções ótimas no happy hour. Minha favorita é a rodada dupla de Spritz. Tem também dose dupla de comidinhas, pra beber em dobro sem perder a classe.

- Aos sábados e domingos, das 16h às 19h, rola um brunch com entrada, prato principal, sobremesa e um drink do dia.

IDEAL PARA:
- Happy hour com a galera; Ir com os amigos.

Sofia カラオケ
Endereço: Rua Comendador Caminha, 348 – Moinhos de Vento
Telefone: (51) 3907-5505
Redes sociais:  www.facebook.com/sofiaportoalegre
www.instagram.com/sofia.poa
Formas de pagamento: dinheiro, cartões de débito e crédito
Horário de funcionamento: de terça a sexta, das 18h à 01h; Sábados e domingos, das 16h à 01h
Reservas: por telefone

RS Paula Bañolas