20/01/2016

Por que a Lancheria do Parque também ganhou meu coraçãoRS

Juliana Destro

Preciso confessar, antes de morar em Porto Alegre não entendia o amor pela Lancheria do Parque. Explico: sou de São Paulo e lá lugares como a Lancheria são bem comuns. Pois bem, nove meses depois de me mudar de vez para cá, a Lancheria passou a ser meu lugar do coração. O motivo é o mesmo, me lembra São Paulo e suas lanchonetes botecos paradas no tempo, com barulho, gritaria, onde todo mundo conhece os garçons e cada um deles tem uma boa história para contar.
Rafaela EnesE por falar em história para contar, recentemente o garçom mais querido da Lancheria se aposentou. A despedida dele lotou a Osvaldo Aranha! Mas essa história você pode ler aqui.
Rafaela EnesVoltando à Lancheria, a comida é boa, barata, o lugar está sempre aberto e não tem frescura. Se você já visitou Porto Alegre sabe que lugares abertos até tarde da noite, aos domingos, feriados, e com comida a qualquer momento são um pouco raros (especialmente no verão). Para uma paulista isso é inconcebível (aceita que dói menos), por isso a Lacheria ganhou ainda mais espaço no meu coração.
Rafaela EnesQuando você olha o cardápio pensa: não é possível que estão cobrando R$ 30 por um bife acebolado com arroz. Então o prato chega e tudo faz sentido. Bem que o garçom tentou nos avisar, mas como queríamos provar de tudo um pouco achamos que ele estava exagerando.
Rafaela EnesUm prato serve tranquilamente duas pessoas. Se você não está chegando de uma corrida na Redenção, serve até três. Todos eles têm aquele gosto caseiro, não no sentido de “eu poderia fazer isso em casa”, mas com aquele toque de vó, sabe? Comida sem frescura, simples, direta e saborosa.
Comemos bife à milanesa, bife acebolado e risoto de frango. Por risoto entenda arroz agulhinha com frango desfiado e legumes.
Mas as grandes estrelas da Lancheria são os sucos. Uma jarra é muito bem servida e não tem suco ruim. Para este almoço, provamos o clássico laranja batido, abacaxi e melancia. Cada suco vem na jarra do liquidificador e também serve tranquilamente duas pessoas.
Rafaela EnesTodo pedido é feito na base do grito. Do salão para chapa ou para o preparo dos sucos. Isso é tão tradicional que a Lancheria tem uma conta no Twitter toda escrita em letras maiúsculas para passar o clima do lugar.
Se você tiver na pindaíba, ainda pode encarar o buffet da Lancheria. Custa R$ 11 o buffet livre com direito a uma carne. Mas se posso deixar uma dica, faça essa experiência na hora do almoço.
Rafaela EnesPor fim, três pratos e três sucos deu cerca de R$ 32 para cada e ainda levamos comida para o jantar. Então lembre-se: você não precisa pedir um prato e uma jarra de suco para cada pessoa da mesa. ;)

Lancheria do Parque
Rua Osvaldo Aranha, 1086 - Bom Fim, Porto Alegre - RS
(51) 3311-8321
Aceita todos os cartões

twitter.com/SucosLanchera

RS Juliana Destro