05/11/2012

O Anna poderia ser seu vizinhoRJ

Babi Freitag

O Anna é desses restaurantes que você passa pela frente, e acha que é a sala de jantar do seu vizinho. Se não fosse a movimentação de manobristas na frente, chamando a atenção de que o local é comercial. Localizado bem no inicio de Ipanema, mais precisamente no Jardim de Alah, o Anna fica do lado do seu irmão Artigiano. Ambos são do mesmo dono, e ambos são restaurantes italianos. A diferença é que no Anna os ingredientes dos pratos são mais sofisticados, encontrado tipo caviar e vieiras. O primeiro ambiente do Anna, sempre iluminado pelo generoso teto de vidro.

É um convite para sentar e curtir uma tarde, sem perder a chance de curtir a luz dos belos dias de verão do Rio de Janeiro.

E admirar a decoração que é totalmente harmoniosa e agrada aos olhos.

Paredes com tijolos à vista, quadros, porcelanas nas paredes, uma escada caracol imponente. Tudo é tão lindo sem cansar. Um lugar pra se sentir bem e acolhido.

E então degustar do couvert, com pães fresquinhos, manteiga e uma porção de antepasto de berinjela que nunca na minha vida eu diria que era berinjela. E depois que eu soube que de fato era berinjela, descobri a primeira berinjela que eu gosto. Ela tem azeitona e alcaparras, deixando bem salgadinha e delícia.

Além de pedir uma taça de vinho branco, um Chardonnay, pedi uma entradinha bem leve, mas muito saborosa. Uma mistura de abobrinhas, com tomate cereja e camarão no azeite.

O Anna é o meu lugar. Amo de paixão ir lá. Já comi vários das muitas opções no cardápio. Mas meu prato preferido é a massa com molho de prosseco, vieiras, camarões e flores de abobrinha.

Engraçado que desde que eu passei umas férias na Itália, e eu tomei uma dura do garçom por querer queijo ralado para colocar numa massa com frutos do mar, eu nunca mais me atrevi a cometer tal genocídio. Sabe quando o diabinho aparece no seu ombro? Agora aparece esse garçom me fiscalizando... Então agora eu nem trisco no queijo ralado. Pelo menos se a massa for frutos do mar. Bom, traumas à parte, o outro prato da mesa foi o carne de vitelo na panela com molho de vinho.

Acompanhado de batata gratinada.

Eu não consigo deixar o Anna sem comer uma sobremesa, todos os seus sorvetes são artesanais, e cada composição é um show. Eu ando numa fase meio frutas vermelhas, e não titubiei ao pedir o sorvete de iogurte com calda de balsâmico e frutas vermelhas. Divino!

Um café e a conta. Pra finalizar. Que vem sempre bem acompanhado de um biscoito, tipo bolinho de amêndoas. Fofinho. Nhamy. Pediria o café só pelo biscoito.

A conta por pessoa, com uma taça de vinho, ficou em 109 reais. O que não pode esquecer nunca ao ir no Anna, é que nenhum tipo cartão é aceito. Só dinheiro ou cheque.

Restaurante Anna
Av. Epitácio Pessoa, 214
Rio de Janeiro/RJ 
Fone: (21) 2529-2142
Não aceita cartão
www.ristoranteanna.com.br

 

Babi Freitag