24/09/2013

Botequim Du Cais: boa gastronomia de frente para o marSC

Daniele Bruxel

Domingo é sempre um ótimo dia para nós! Dia de acordar cedo, caminhar pela praia, tomar um bom mate e conhecer lugares novos aqui pela região de Itapema. Depois dessa dura realidade, é hora de escolher um lugar para comer. Com sol, é claro que preferimos algo perto da praia – entenda-se na areia ou pelo menos quase nela. O Botequim Du Cais é nosso queridinho nesse quesito. 

O Botequim Du Cais fica bem em frente ao Píer de Porto Belo, ponto turístico da cidade. Desfrutar de boa gastronomia e poder fazer a refeição do dia com essa vista é um privilégio para quem frequenta o local.

Os sucos naturais do Botequim são deliciosos. O de morango é especialmente saboroso, mas dessa vez resolvi pedir um de abacaxi, que estava maravilhoso também!

É claro que o suco foi só o pontapé inicial do nosso almoço. Em seguida, o Julio, garçom que sempre nos atende com muito bom humor e atenção, nos serviu um chope engarrafado. O chope 3 Mestres é produzido em Itapema e pela segunda vez tomamos a aprovamos!

Hora de folhear o cardápio. E, vou confessar, tenho um problema sério com as empanadas do Botequim. Elas são irresistíveis! Feitas na hora e deliciosamente recheadas. Nosso pedido hoje foi empanada salteña e empanada de camarão. A salteña é recheada com uns cubinhos de carne. Ao invés de ser carne moída, é carne picada... Opa, chegaram!

A casa oferece alguns molhinhos para acompanhar as empanadas. Esse é um molhinho de pimenta. Bem picante, mas bem saboroso também. Além desse, tem um agridoce, que também fica ótimo contrastando com o salgado da empanada.

A essa altura, acabamos mudando de mesa, porque o sol era intenso e o vento mais ainda. Mas, mesmo ficando em uma das mesas mais afastadas da praia, ainda conseguíamos ver o mar...

Voltando à empanadas, dá uma olhadinha na de camarão.

Essa é a salteña. O tempero com pimentão verde e cebola ficou sensacional. 

Um intervalo entre as empanadas para mais um chope e o próximo passo no nosso almoço. O cardápio tem diversas opções. Alguns petiscos como peixinho frito, calabresa acebolada e camarão soltinho. Outros pratos como nhoque, ravioli e peixes grelhados. Por sinal, quero voltar urgentemente ao Botequim, pois soube que o ravioli caseiro de espinafre é uma loucura! Por hora, pedimos uma paella à marinera. O prato é bem servido e sustenta tranquilamente duas pessoas.

A paella estava divina e deixou nosso domingo completo! Camarões, lula, marisco, peixe... Como não amar?

Nosso almoço no Botequim Du Cais custou 104 reais

Botequim Du Cais
Rua Manoel Felipe da Silva, 18
Porto Belo/SC
Aceita cartões

SC Daniele Bruxel