06/04/2018

A Melhor Caipiroska do Brasil | Rio de JaneiroRJ

Juliana Goulart

O Rio de Janeiro não ficou de fora da competição que escolheu A Melhor Caipiroska do Brasil com a Smirnoff. A bebida é um clássico carioca: tá na praia, no happy hour, nos churrascos e nas festas.  E a Juliana se puxou noite e dia e deu vários rolês para conhecer os lugares e provar receitas bem diferentes, mas todas muito saborosas, de caipiroska. Olha só a lista que ela preparou:

Cantô
Um dos três restaurantes do hotel 5 estrelas Grand Hyatt, o Cantô tem decoração
belíssima, que coloca o balcão em evidência. De lá, saem drinks clássicos e autorais,
que são servidos também nas festas à beira da piscina que o hotel costuma promover.
Os eventos e os restaurantes do Grand Hyatt são abertos a não hóspedes. A caipiroska
Cantô é elaborada e deliciosa, com limão siciliano, maracujá, xarope Simple e xarope
artesanal de cravo e canela.
Avenida Lúcio Costa 9.600 (dentro do Hotel Grand Hyatt) – Barra da Tijuca
Abre todos os dias, das 10h à 0h




Ginger Mamut
Um casarão construído nos anos 20 em Copacabana abriga o aconchegante bistrô bar
Ginger Mamut. São vários ambientes, decoração com itens retrô, cardápio com opções
para agradar todos os gostos e música ao vivo. Além de bonita, a caipiroska TanGinger
também é muito saborosa. Leva gomos de tangerina murcot, gengibre, pimenta e
alecrim.
Rua Tonelero, 217 – Copacabana
Aberto de terça a sábado, das 12h à 0h; e nos domingos, das 9h às 18h



Renascença Clube
Local onde acontece a roda de samba mais tradicional da cidade, considerada por
muitos a melhor do Rio. O Samba do Trabalhador, comandado pelo bamba Moacyr
Luz, rola toda segunda-feira das 15h às 21h, sempre levando uma multidão ao Rena
(apelido carinhoso do Renascença Clube). A caipiroska é, na verdade, uma dupla num
só copo: kiwi + morango. Fica a critério do freguês misturar os dois sabores ou tomar
um de cada vez.
Rua Barão de São Francisco, 54 – Andaraí
Abre todos os dias, das 9h às 22h




Mississipi Delta Blues Bar
Filial do bar homônimo em Caxias do Sul (RS), o local inaugurou há poucos meses na
Gamboa, área da cidade que vem sendo revitalizada. Blues, jazz e rock ao vivo todas as
noites em ambiente intimista e bem decorado é o que o Mississipi Delta oferece aos
seus clientes, além de cardápio inspirado nos EUA. A caipiroska Miss Baker leva uva
(como uma homenagem a Caxias), calda de açúcar, manjericão e tabasco. É picante na
medida e surpreendente.
Rua Pedro Ernesto, 89 – Gamboa
Aberto às terças, das 17 à 0h; e de quarta a sexta, das 17h à 1h




Saad Gourmet
Daqueles bares que contam com o “olho do dono” — o proprietário do Saad Gourmet
está lá diariamente desempenhando diversas funções, inclusive a de conversar com os
clientes. É um boteco de bairro com ambientes interno e externo agradáveis e bem
decorados, além de petiscos deliciosos. Uma caipiroska de limão muito bem executada
pode ser experimentada nesse bar em Campinho, zona norte da cidade.
Rua Ana Telles, 611 – Campinho
Abre de quarta a domingo, das 13h à 0h


Giro Gávea
Com fachada discreta e entrada estreita, o Giro Gávea é um bistrô que oferece
ambiente requintado junto ao Baixo Gávea. É um lugar bem aconchegante, perfeito
para um almoço sem pressa ou happy hour. Uma caipiroska muito saborosa é feita no
bar do Giro Gávea: a receita leva tangerina e gengibre, com o diferencial de ser
adoçada com mel.
Praça Santos Dumont, 126 – Gávea



Bar do Clebinho
Numa esquina da Avenida Braz de Pina, o local, que não tem nome em sua fachada, é
conhecido como Bar do Clebinho. Ambiente amplo e simples, no maior estilo pé-sujo.
Bom para sentar, beber, conversar muito e gastar pouco. A caipiroska é tradicional, de
limão com açúcar.
Avenida Braz de Pina, 1891 – Vila da Penha



Booze Bar
Com ambiente descolado, o Booze Bar está localizado na parte mais agitada do bairro
mais boêmio do Rio. Pertinho dos famosos Arcos da Lapa, o local oferece extensa carta
de cervejas especiais e drinks, além de petiscos apetitosos. Uma caipiroska exótica
pode ser encontrada lá: a bebida mistura açaí, maracujá, rodelas de limão siciliano e
ainda é decorada com espuma de limão siciliano.
Endereço: Rua Mem de Sá, 63 – Lapa
Abre nas segundas, das 17h à 0h; nas terças e quartas, das 17h à 1h; nas quintas e sextas, das 17h às 3h; e nos sábados, das 18h à 0h




Bar 399
Bar com pista de skate que pode ser utilizada pelos seus clientes, arte pelas paredes,
projeção de filmes e programas relacionados ao universo do skate, além de ter um cardápio bastante
variado. Assim é o Bar 399, inaugurado há alguns meses numa rua tranquila do
Recreio. A caipiroska é bem refrescante, feita com uva e manjericão e um toque
especial de licor de laranja seco.
Rua Fernando Bujones, 66 – Recreio dos Bandeirantes
Aberto de segunda a sexta, das 16h às 2h; sábados, das 11h às 5h; e aos domingos, das 11h às 2h




Restaurante do Encontro
Dentro da Feira de São Cristóvão, área enorme dedicada às tradições nordestinas em
pleno Rio de Janeiro, o Restaurante do Encontro tem ambiente simples e bem amplo.
O maior atrativo é a localização estratégica, junto a um dos palcos da feira. A
caipiroska é feita com limão, morango e maracujá, adoçada com bastante açúcar.
Rua Sergipe, loja A37 – Feira de São Cristóvão



Já provou alguma dessas? Escreve aí nos comentários! 

Se beber não dirija. Não compartilhe com menores de 18 anos.

*Conteúdo publicitário produzido por Destemperados para Smirnoff.

RJ Juliana Goulart