08/06/2018

10 curiosidades sobre a gastronomia da Rússia

Destemperados

Um país que é um ponto de interrogação gigante pra muita gente, a Rússia é enorme em território e também em variedade cultural.  Na semana que marca o início da Copa do Mundo, nós listamos algumas curiosidades dos russos quando se trata de comer e beber. 

1. A bebida nacional
A vodka surgiu na Rússia, foi batizada com esse nome na Polônia, em 1663, mas só ganhou o mundo a partir dos anos 1940 quando caiu no gosto de Hollywood.

2. Vodka quer dizer...
Por falar em vodka, a palavra deriva do polonês “woda”, que significa água.

3. De onde vem o estrogo
Um dos pratos favoritos dos brasileiros tem origem russa: o estrogonofe. Tem muitas histórias diferentes sobre a criação do nosso querido “estrogo”, mas muita gente diz que o nome vem do conde Stroganov, no século XIX, e que teria servido o prato pela primeira vez para convidados, na casa dele.

4. Receita diferente
Existem bastantes diferenças entre o estrogonofe brasileiro e o “original”. Os russos, por exemplo, não colocam ketchup nem champignon (não sabem o que é bom!).

5. Picar, picar e picar
Não é por acaso que a carne do estrogonofe é picadinha, na Rússia eles picam tudo o que é comida! Pepino, cogumelo, tomate, peixe… se der pra picar, eles picam mesmo.

6. Proibido dizer não
E se você um dia for recebido na casa de algum russo, não recuse comida “por educação”, como muitas vezes fazemos por aqui. Lá, dizer não ao anfitrião é considerado bem o contrário: falta de educação (para alguns, uma ofensa).

7. Pés de galinha 
Os russos podem ter um gosto, digamos, bastante atípico. Por exemplo, sopa com pés de galinha.

8. Gelatina de carne
Um prato tradicional e diferente é o kholodets, que é um tipo de gelatina de carnes. Parece estranho, mas dizem que é muito bom.

9. Tempo é dinheiro
Lá tem uma rede de cafeterias onde tudo é de graça, menos o tempo que você passa lá dentro. Isso mesmo, a Ziferblat inclusive entrega um despertador para cada cliente que entra na loja. O preço? Três rublos (R$ 0,15) por minuto durante as primeiras duas horas, depois o valor vai diminuindo.

10. Maionese é vida!
Sim, na Rússia ainda mais do que aqui. Eles usam o condimento pra acompanhar qualquer coisa. E nem ouse oferecer uma troca por um azeite de oliva.

Leia também:
Saiba o que é o kvass, a verdadeira bebida nacional da Rússia
Onde assistir à estreia do Brasil em Porto Alegre
8 bares para assistir à Copa em Floripa