12/12/2016 Vem ver como foi o jantar Puertas Cerradas com Altermir Pessali Destemperados

As travessas grandes sendo passadas de mão em mão, como um jantar na casa de amigos, ilustram bem como foi o último puertas cerradas do ano na Casa Destemperados. O cozinheiro da noite foi o Altemir Pessali, chef e fundador da Trattoria Primo Camilo, em Garibaldi, e do Pizza entre Vinhos e do Mamma Gema, em Bento Gonçalves. Pra abrilhantar ainda mais a noite, o Pessali recebeu os convidados da casa junto com a esposa, Clege Dalmáz, que ficou responsável por encerrar o jantar com a sobremesa que veremos mais a seguir.

Foto: Destemperados
O Pessali e a Clege deixaram os convidados à vontade enquanto terminavam os preparativos para o jantar.
Foto: Destemperados
A simpatia de ambos na cozinha reforçou a ideia do puertas cerradas, onde, sem muita frescuras e formalidades, o chef recebe os convidados em sua casa. Pois assim eles fizeram, receberam a todos à vontade como se estivessem em casa. Os copos estavam cheios e o cheiro na cozinha antecipava uma bela noite pela frente.
Foto: Destemperados
Para a entrada, bruschettas de polenta brustolada com anchovas e tomate cereja e com presunto cru e molho picante, ambas deliciosas, olha esse cheiro:
Foto: Destemperados
O prato principal seguiu na linha da polenta, porque polenta é bom de qualquer jeito. Sai a brustolada, entra a polenta mole, que foi servida com dois acompanhamentos: barriga de porco assada com balsâmico e farofa de pinhão e coelho com especiarias.
Foto: Destemperados
Na foto acima dá pra ver a farofa de pinhão, certo? Dá pra ver também as bolinhas verdes em cima do porco que parecem alcaparras? São, na verdade, sementes da flor de capuchinha, que o próprio Pessali e a própria Clege colheram. O Pessali também trouxe a louça dele pra servir os pratos da noite, como o prato do coelho na foto abaixo, que veio do Japão.
Foto: Destemperados
Mesão cheio de gente comendo: ♥ 
Foto: Destemperados
E o quê tem em cima da polenta? Melhor que dois acompanhamentos são três acompanhamentos. Aqui tecnicamente é um molho, mas como o puertas cerradas não é exatamente um restaurante, "tecnicamente" é algo que não existe. E também seria quase uma heresia chamar de molho uma especialidade do cozinheiro da noite: funghi porcini cremoso, que, de novo, o próprio Pessali e a própria Clege colheram.  Nada melhor que estar com gente que entende bem o que faz, não é mesmo, amigos? No detalhe, um crem com balsâmico, pra acompanhar tanto o porco quanto o coelho.
Foto: Destemperados
E como essa noite findará? Com a sobremesa maravilhosa que ficou ao comando da Clege, com a receita da mãe dela, a Gema que dá nome ao Mamma Gema de Bento Gonçalves: panacota com nêsperas cozidas e em calda.
Foto: Destemperados
Leve, doce e perfumada. De novo: maravilhosa. E linda.
Foto: Destemperados
Respondendo a sua pergunta: estava sim tão bom quanto parece na foto. Um brinde ao Pessali e a Clege e os nossos agradecimentos pela noite, pelas polentas, pelo coelho, pelo porco, pela panacota e pelas nêsperas em calda!
Foto: Destemperados
A agenda da Casa Destemperados sempre guarda surpresas. Ficou com vontade? Fica de olho nos eventos que em 2017 tem mais! :)