05/12/2016

Chef Henrique Fogaça comanda jantar na vinícola Casa Perini

Fernanda Bortolas

A Food Hunter Fernanda Bortolas foi conferir de pertinho o jantar do chef Henrique Fogaça na vinícola Casa Perini. Confira como foi!

Conhecido popularmente como o jurado hardcore do programa MasterChef Brasil, o chef Henrique Fogaça elaborou um menu degustação composto de cinco pratos, em um evento no Spazio Beatrice na vinícola Casa Perini. As receitas, que foram harmonizas com vinhos e espumantes da vinícola, atualmente integram o cardápio do primeiro de seus restaurantes em São Paulo, o Sal Gastronomia

Além do Sal Gastronomia, Fogaça também comanda as cozinhas do Cão Véio, Admiral's Place e Jamile. Sem contar suas participações nos programas de televisão, Rolê do Chef e 200 Graus, onde mostra sem frescura que o estilo roqueiro, tatuado e cara de mau, conquistou a simpatia do público, e principalmente, o estômago da clientela.

Foto: Manu Zatti

A vinícola, conhecida por sua tradição e qualidade na produção de vinhos e espumantes, recebeu 300 participantes no jantar no maior estilo acolhedor da Serra Gaúcha. Vamos combinar que melhor lugar para um evento como este, não há.

Foto: Manu Zatti

Bom, vamos ao que interessa. A entrada foi uma burrata com tomate e pesto de rúcula, harmonizada com a Casa Perini Prosecco. Posso falar? De comer re-zan-do!

O primeiro prato foi um palmito pupunha assado com óleo de castanha do Brasil e manjericão. Para harmonizar, o vinho Fração Única Chardonnay.  Eu não tenho maturidade pra lidar com menu degustação, admito. Comeria uns três desses facilmente.

Para quem gosta de lula, o segundo prato era uma ótima pedida: arroz negro com lula e queijo de cabra, servido com o Casa Perini Marselan. Me fez lembrar o lema “menos é mais” defendido pelo chef Fogaça nas avalições dos participantes do MasterChef. Poucos ingredientes, suave e muito saboroso. 

Já no terceiro prato, era possível escolher entre duas opções, ambas harmonizadas com Fração Única Merlot. A primeira era um cupim na manteiga de garrafa com mandioca e farofa de banana.

A outra era um nhoque de mandioquinha com molho bechamel. Como eu fui acompanhada, óbvio que comi um pouco dos dois pratos, afinal de contas como eu poderia escrever depois, sem experimentar?

Sacrifícios à parte, o queridinho da noite foi a sobremesa, um brigadeiro com sorvete de paçoca e calda de chocolate servido com o Casa Perini Aquarela. Para mim, o melhor vinho da noite!

Ainda, como after dinner, foi servido o Éden, um vinho branco fortificado da Casa Perini. Foi minha última taça, eu juro! Voltei para o hotel bem satisfeita, no final das contas foi um jantar que deu muito certo e que eu vou torcer muito para que venham os próximos! Oremos!

RS Fernanda Bortolas